Conheça outros sites da Athletic ATHLETIC HOME FITNESS ATHLETIC PROFESSIONAL FITNESS

Artigos e Dicas

21/06/2018 Comente agora 1.213 Visualizações
* * * * * 2 votos

ALIMENTAÇÃO NO INVERNO

BlogCom a chegada do inverno a maioria das pessoas come um pouco mais. Para aquecer o corpo é preciso uma maior quantidade de energia, e é através dos alimentos que obtemos nossa primeira fonte de energia. Muitas vezes, o aumento no consumo de alimentos ocorre de forma exagerada, o que pode trazer consequências sérias e prejudiciais à nossa saúde, como por exemplo as doenças cardiovasculares.
No inverno o risco de infarto e AVC é maior. Um dos principais motivos é a diminuição do calibre das artérias, o que reduz o fluxo sanguíneo. A mudança acontece para o corpo se manter aquecido, mas acaba aumentando o risco de infarto e AVC.

Nesta época do ano sentimos vontade de tomar algo quente para aquecer o corpo, então trocamos os pratos mais leves, pelos calóricos ou acrescentamos algo a mais na refeição, como por exemplo, o caldo ou creme de legumes, logo vem a ideia de acrescentamos creme de leite para ficar ainda mais saborosa, e é claro, não pode faltar o pãozinho para acompanhar. O gasto de energia a mais que temos no inverno é mínimo perto da quantidade de calorias que ingerimos. Se não tomarmos cuidado, engordaremos sem ao menos percebermos, pois as roupas de inverno são mais largas. Para não adquirir aqueles quilinhos indesejáveis durante o inverno, segue algumas recomendações:

Consuma laticínios com baixos teores de gorduras. O leite desnatado é uma ótima opção e pode ser preparado com canela ou cacau em pó;

Troque os queijos amarelos (cheder, queijo prato) pelo os queijos brancos, tipo cottage, ricota e queijo minas frescal;

Diminua o consumo de sal, e reduza a quantidade de óleo e frituras;

Prefira as sopas de legumes com carne magra. Acrescente verduras: as folhas como agrião, repolho ou espinafre servem de base para a sopa ou caldo;

Abuse de temperos naturais como coentro, cominho, curry, páprica picante, gengibre, cebola e canela, capazes de aquecer nosso organismo e aumentar o gasto calórico;

Consuma as hortaliças e legumes, refogadas, grelhadas ou no vapor, pois no inverno o consumo da salada diminui;

Cuidado com ingredientes como creme de leite e queijos, pois aumentam muito o teor de gordura e calorias da preparação;

Não adicione caldos prontos, temperos prontos ou até mesmo o glutamato monossódico, presente nos temperos prontos e caldos prontos serve para realçar o sabor;

As sopas industrializadas não devem ser consumidas. Fazem mal a saúde, são ricas em conservantes e corantes, aditivos químicos e o glutamato monossódico;

Para sobremesas, o ideal é preparar aquelas à base de frutas como banana, abacaxi e maçã ao forno; pode-se adicionar canela nestas preparações para realçar o sabor sem aumentar o valor calórico;

As frutas secas (uva passa, damascos) também são uma ótima opção;

Ingerir alimentos ricos em fibras como aveia, pão e arroz integral devido a maior saciedade que eles proporcionam;

Não pule o café da manhã, faça-o de forma completa;

O fondue é uma ótima pedida para esta época do ano. Podemos reduzir as suas calorias fazendo algumas trocas como, por exemplo – fondue de queijo, substitua os queijos gordos (amarelo) por cream cheese e mussarela light. Prefira os pães integrais para acompanhar. Para o fondue de carne, ao invés de utilizar óleo use água e para o delicioso fondue de chocolate a dica é, consuma com moderação, pois é muito calórico.

No inverno, a tendência é a redução no consumo de líquidos. Mas a recomendação de dois litros diários não precisa ser somente de água, podem ser substituídos por sucos naturais e chás, que ajudam a hidratar. Outro agravante é o desânimo que o frio nos dá. A frequência dos exercícios físicos diminui ou até mesmo são interrompidos. A atividade física aquece o corpo, melhora a disposição, e contribui para prevenção e cura de muitas doenças.

A vontade de comer não está só na necessidade fisiológica, ou seja, na necessidade de repor energia, mas também nas nossas cabeças e cultura. Por isso, cuide de sua alimentação e pratique uma atividade física. Não use a estação climática como desculpa!!

 

 

Fonte: planvale.com.br/vida-saudavel/1238/alimentacao-no-inverno


Compartilhe com seus amigos

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


8 − cinco =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>