Conheça outros sites da Athletic ATHLETIC HOME FITNESS ATHLETIC PROFESSIONAL FITNESS

Artigos e Dicas

15/07/2019 Comente agora 320 Visualizações
* * * * * 1 votos

Correr no frio ajuda a emagrecer?

correr

Descubra se correr no inverno ajuda a emagrecer mais do que em temperaturas quentes com as especialistas de nutrição Orion Araújo e Natasha Barros.

 

Por Patrícia Beloni

 

Faz parte do jogo: com a chegada do inverno, vem junto aquela vontade de ficar debaixo da coberta, de preferência acompanhado de uma bebida ou comida reconfortante.

 

De fato, as temperaturas mais baixas mexem com nosso organismo. E, muita gente faz mudanças (nem sempre recomendáveis) na dieta. Passam a comer mais – e mais alimentos gordurosos e repletos de açúcar.

 

Isso acontece porque as pessoas acham que precisam comer mais e sentem maior conforto quando ingerem alimentos quentes e/ou cheios de gordura.

De acordo com a nutricionista esportiva Natasha Barros, o corpo fica aquecido e logo vem a sensação de saciedade.

 

“Então, em vez de tomar um chá ou um café, elas preferem o chocolate quente. No lugar do arroz ou de uma sopa leve, optam por um risoto, um creme”, aponta.

 

Por que comemos mais no frio

Mas por que sentimos essas necessidades? Segundo a nutricionista esportiva Orion Araújo, o inverno mexe com os centros cerebrais ligados ao controle de ingestão de alimentos.

 

Como os dias são mais frios e escuros, o padrão de alimentação costuma então ser alterado, estimulando nossos genes poupadores de energia.

 

Esses genes são comuns em todos os mamíferos, como, por exemplo, o período de hibernação dos animais.

 

“Com a queda da temperatura externa o organismo tenta equilibrar a temperatura corporal ideal de funcionamento (36,9ºC) por meio da alimentação. Assim, busca as calorias que aparentam estar faltando. E quem treina sente ainda mais essa necessidade. Mas o corpo não quer qualquer tipo de alimento.

“Ele vai atrás de macronutrientes de fácil digestão e rápida absorção, que é o caso dos carboidratos. E nesse cenário entram massas, risotos, purês, cremes…”, aponta a especialista.

 

Mas “acontece que nosso organismo já é capaz de se adaptar naturalmente a essa situação, deixando o metabolismo mais acelerado para produzir mais calor”, aponta Natasha.

 

Portanto, não há a necessidade real de comer mais, mesmo porque, geralmente, essas opções são gordurosas e envolvem mais manteiga, embutidos, óleos.

 

Correr no frio emagrece mais

“No frio, o corpo transforma o tecido gorduroso branco (mais acumulador) em tecido gorduroso marrom (mais “gastador” de energia). E isso faz com que ele se torne mais oxidativo e, por isso, queima mais gordura”, explica.

 

A dica de ouro é: aproveite a época do ano na qual o corpo gasta mais energia para tentar manter uma dieta saudável e perder aqueles quilinhos extras.

 

Se ainda consegui incluir bebidas e alimentos termogênicos no cardápio – que aumentam levemente o gasto calórico durante a digestão e metabolismo –, melhor ainda.

 

Bons exemplos são: chá verde, gengibre, chá mate, chá branco, café, canela, pimenta-do-reino e pimenta-vermelha.

Confira aqui sete alimentos termogênicos

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: http://runnersworld.com.br/correr-no-inverno-queima-mais-calorias/

Compartilhe com seus amigos

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


× nove = 54

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>